domingo, 15 de novembro de 2015





Encontrei-te como sempre
Apenas nas entrelinhas  
Vi-me em três letras, entre
As palavras  doces do poeta
Que transforma os sonhos
Em realidade distante.
Assim o tempo eterniza
Em dias de solidão
Que se vão... Deixando
Apenas saudade finita.
Ana Lima.