terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Todos os dias, te sinto nas entrelinhas
Te quero, nas suaves  doçuras...
Os dias são tristes, se não te procuro
Se não percorro, teus sonhos mais lindos.
Ensaio para fazer o melhor espetáculo
Mas nas cenas, me perco, entre o real
E a ficção, tudo se torna delírio insano
E no palco, vejo  outra, te protagonizando.

Ana Lima.