quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Ouço o canto do bem-te-vi
Vejo a beleza de suas cores
Entre as flores dessa primavera
As folhas caindo... O varal cheio de poesia

Junto  as minhas roupas penduradas

Com cheiro de lavanda e poesia  no ar
Leio você, meu pensar está ao seu alcance
Minhas palavras perdidas em noites solitárias

E de manhã, o sol brilha 

A roupa seca e a poesia passeia
Eu leio, eu leio, eu leio...
Você.


Ana Lima.