sábado, 28 de dezembro de 2013


Pela janela do sala de estar , vejo o sol no horizonte Com seu brilho e calor espetacular Me fazendo lembrar banho de cachueira Cheio de mato e madeira. Nessa outra janela , nessa tela de computador O que vejo é outro show Teu sorriso encantador Em belas fotografias ... E na vitrola... Tua poesia a falar do amor Ao som da flauta e do violão Nessa bela canção! ... Fazendo-me sentir ...ah... viajar Com desejo de calar –te com meus beijos E beijar, beijar , beijar, beijar-te E deixar então que a emoção Nos encaminhe para a realização Do ato, que por si só se faz Nem passeio de línguas...pele Curvas e dedos... num amar Amar. Amar... amar-te Até o outro dia chegar! Ana Lima